Profissionais ambientais e as oportunidades em meio à crise

Um fenômeno que pode ser observado atualmente, em tempos de crise nacional, é a contínua manutenção de consideráveis oportunidades de trabalho e emprego relacionadas às áreas de meio ambiente e sustentabilidade. Profissionais que estudam o mercado de trabalho afirmam que as profissões ligadas ao meio ambiente possuem um futuro promissor.

A maioria das empresas manteve seus investimentos na área ambiental, provando que se trata de um ramo de grande interesse, tanto do ponto de vista dos negócios, quanto da necessidade em se adequar às novas tendências do mercado e das economias nacional e global.

De uma forma objetiva, este aumento está intimamente ligado com a forma com que as empresas enxergam os tempos de crise e também como olham para a questão ambiental. Assim, para as organizações, época de crise é sinônimo de redução de gastos e por meio de ações focadas em sustentabilidade e excelência no aproveitamento de recursos encontram a solução.

Em função da busca pelas organizações pela adequação e otimização dos seus processos, aumentou também a procura por profissionais e empresas que prestam consultoria e assessoria na área de sustentabilidade ambiental. Desta forma o profissional de sustentabilidade se destaca pois pode apontar o caminho para a empresa consiga reduzir seus custos.

Em detrimento à realidade apresentada, há também um grande número de profissionais formados nas mais diversas áreas relacionadas a meio ambiente e sustentabilidade que se encontram desempregados ou insatisfeitos com seu atual emprego. E resta então uma pergunta muito realizada entre tais profissionais. Como há um grande número de vagas e, ao mesmo tempo, um grande número de desempregados? Como concorrer e conseguir uma destas vagas? O que fazer?

O mercado nos dias atuais, não somente na área ambiental, requer mais do candidato que apenas a formação acadêmica. Hoje em dia, fazer de tudo um pouco e não se especializar ou focar em uma área é um erro. As empresas que contratam e os clientes que buscam por profissionais esperam que estes sejam dotados de capacidades para a resolução de questões específicas, que tenham conhecimento apurado (e não generalista) de determinada área, aumentando assim as chances de sucesso.

Desta forma, seguem três passos para se adequar a esta nova realidade de mercado e melhor aproveitar todas as oportunidades profissionais de agora e do futuro:

Passo 1. Segmentação de especialidades

As áreas ligadas ao meio ambiente e à sustentabilidade são amplas. Não adianta você tentar abraçar todas as oportunidades nestes vastos campos. É hora que sentar e estudar quais áreas e especialidades profissionais você mais se destaca, tem mais prazer, facilidade e/ou conhecimento para atuar.

Passo 2. Torne-se especialista

Após elencadas as áreas no passo anterior, busque estudar, adquirir conhecimento aprofundado sobre as áreas. Você pode realizar cursos de pós-graduação, cursos pela internet, inclusive gratuitos, realizar estudos independentes, aproveitar a vastidão de conteúdo e conhecimento disponível hoje, fazer visitas técnicas, etc. É importante, muito importante, que você realmente tenha um bom conhecimento do que se propõe a fazer/trabalhar.

Passo 3. Acompanhe o mercado

Não basta apenas ser bom no que faz, você precisa acompanhar a movimentação do mercado diretamente relacionado a sua atividade, buscando identificar novas oportunidades e se antecipar a elas. Seja em relação a vagas de trabalho, seja na prestação de serviços a clientes. Muitas vezes uma excelente oportunidade de mercado ainda não foi anunciada, todavia você poderá prevê-la, se antecipar, fazer uma boa preparação e, enfim, conquistá-la ou explorá-la da melhor forma possível. Um exemplo? Vamos lá. Digamos que você tome conhecimento de uma nova exigência ambiental para determinadas empresas que esteja tramitando no Congresso Nacional, na forma de projeto de lei. Você poderá se preparar para tal e, quando a lei entrar em vigor, você será um profissional preparado para este novo desafio, tendo a solução certa para o mercado, enquanto concorrentes e demais profissionais terão que correr atrás do tempo perdido.

Siga estes três passos. Eles contribuirão não somente para sua (re)colocação no mercado ou evolução dentro dele, mas também para que você se torne um profissional cada vez mais referenciado naquilo que faz. E acredite, considere a tecnologia como uma aliada. Os rápidos meios de comunicação de hoje dão excelente respaldo à divulgação do profissional e também à captação de novas oportunidades.

Compartilhe este artigo

One Comment

  1. Muito bom os três passos para que o Gestor Ambiental fique esperto com novas oportunidades, que o mercado oferece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *