Plástico Delivery

O plástico e o que pensam os usuários de aplicativos de delivery

Notícias rápidas | Pesquisa realizada pelo Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec) aponta que 72% dos consumidores querem de receber os pedidos sem plástico descartável. Além disso, 15% dos respondentes afirmam já terem deixado de solicitar o serviço por se sentirem incomodados pela quantidade de plásticos.

A pesquisa “Percepções sobre o plástico entre usuários de aplicativos de delivery” foi encomendada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e pela ONG Oceana.

A maioria dos respondentes (82%) também acredita que as empresas de delivery deveriam oferecer itens de plástico apenas sob demanda do cliente e não para todos os consumidores (recipientes, talheres, mexedores, copos, sachês), como um primeiro passo para reduzir a demanda por esse produto.

Para 56%, os aplicativos e restaurantes têm a mesma responsabilidade e para 30% os aplicativos têm um papel fundamental. Ainda de acordo com a pesquisa, 77% dos consumidores acreditam que os aplicativos deveriam se comprometer publicamente com metas de redução de itens de plástico descartável nos pedidos de refeições prontas.

Os aplicativos de entrega de refeição têm papel fundamental na transição para uma economia circular do plástico e na eliminação dos itens descartáveis desnecessários. Além de serem vetores da intensificação do delivery, sua capacidade de influência sobre a cadeia de valor coloca os aplicativos como importantes agentes dessa mudança.


Compartilhar:

Postado em Notícias rápidas e marcado como , , , , .

Instituto Brasileiro de Sustentabilidade

Ver artigos por Instituto Brasileiro de Sustentabilidade

O INBS publica conteúdo de relevância em temas de sua atuação, principalmente meio ambiente e sustentabilidade, tendo como objetivo instruir e proporcionar conhecimento de qualidade a seu público.