O Brasil além do discurso.

Quem diria, o Brasil inicia o ano de 2020 com notícias muito positivas na área de sustentabilidade. Notícias que são de grande alegria para mim (que amo essa área na construção) e certamente também para você e para todos que olham esse tema com carinho e cuidado e que praticam, todos os dias, mudanças, atitudes, além de atenção às mudanças climáticas de nosso querido (e ainda único!) planeta em que vivermos.

Um estudo realizado pela Consultoria Nilsen, divulgado no último dia 02 de janeiro no noticiário Bom Dia Brasil da Rede Globo, revelou que metade dos consumidores brasileiros está consumindo produtos mais sustentáveis, biodegradáveis ou que não foram testados em animais.

Essa preocupação do brasileiro tem impulsionado principalmente o mercado da beleza. A venda dos produtos feitos com componentes naturais cresceu mais que o dobro do que a venda dos produtos tradicionais.

Flávia Hanusch, comerciante de produtos cosméticos do Recife, relata um exemplo desse desempenho positivo. Segundo ela, suas vendas com cosméticos naturais e veganos aumentaram em 450% no ano de 2019. A proprietária afirmou ainda que possui 3 grupos de clientes: o primeiro, que observa as matérias primas utilizadas na produção dos seus cosméticos, preocupados com as suas procedências e se são naturais; o segundo grupo é dos veganos, ou seja, pessoas que não aceitam produtos de origem animal, nem aqueles que utilizam animais para testes durante o seu desenvolvimento;  o terceiro grupo (e aí me incluo com alegria!!) é o de pessoas que estão ligadas ou engajadas nas pautas da sustentabilidade.

De acordo com a pesquisa da Nilsen, um terço dos consumidores brasileiros, se preocupa com o tema sustentabilidade. Hoje já são 7.000.000 de lares no Brasil que mudaram suas atitudes de consumo para preservar o meio ambiente. Desses, 48,7% se preocupam que a embalagem seja reciclável, e 45% preferem que os produtos sejam biodegradáveis ou recicláveis. Além disso, a produção de produtos orgânicos no ano de 2019 cresceu em 124%.

Na minha profissão de arquiteta, vejo que cada vez mais as pessoas têm demonstrado interesse em soluções de projeto que levam em conta a gestão eficiente da água e da energia elétrica, além do uso de matérias sustentáveis que tragam a qualidade na edificação e que não prejudiquem o meio ambiente.

Sim, são pequenas mudanças, mas que, aos poucos, introduzem à nossa cultura de consumo atitudes que tragam economia, qualidade de vida e respeito ao nosso meio ambiente.

Mudanças assim mostram que no Brasil a sustentabilidade já deixou de ser apenas um discurso e passou a fazer parte de nossas vidas.

Desejo a todos um 2020 com muita prosperidade, saúde e sabedoria.

Sustentabilize-se em 2020!


Gostou? Compartilhe agora mesmo!

Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela PUCCAMP, e pós-graduada pela UnyLeya, como Especialista em Arquitetura, Construção e Projetos Sustentáveis. Atua há 19 anos com projetos e construções sustentáveis, e consultorias para empresas e indústrias.