Boto cor-de-rosa em extinção

Boto-rosa está em perigo de extinção

Notícias rápidas | Na última atualização da publicação Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza, o boto-tucuxi (Sotalia fluviatilis), espécie que compartilha as águas amazônicas com o boto-rosa (Inia geoffrensis), ingressou na lista como espécie em perigo, completando o conjunto de botos ameaçados.

Célebre pela cor e pelas lendas amazônicas, o boto-rosa, com temperamento mais dócil para interação e obtenção de amostras para fins científicos, já figurava na lista desde 2018. Entre as ameaças mais comuns aos botos amazônicos estão as usinas hidrelétricas, os conflitos relacionados à pesca, as hidrovias e a contaminação por mercúrio.

A Plataforma Botos Amazônicos representa o esforço científico de cinco países, trazendo dados coletados por pesquisadores ao longo dos últimos 20 anos, e configura-se como ferramenta para apoiar o desenvolvimento de políticas públicas ambientais mais eficazes.

Os dados, seguidamente atualizados na plataforma, deverão ajudar a entender se o número de botos amazônicos está aumentando, diminuindo ou permanece estável. Desde 2015 os pesquisadores contam com a ajuda de drones, como ferramenta complementar para a contagem dos botos. Além de auxiliar nas expedições, o drone tem sido testado para trazer conhecimentos sobre áreas que não podem ser alcançadas pelas grandes embarcações.


Compartilhar:

Postado em Notícias rápidas e marcado como , , , , .

Instituto Brasileiro de Sustentabilidade

Ver artigos por Instituto Brasileiro de Sustentabilidade

O INBS publica conteúdo de relevância em temas de sua atuação, principalmente meio ambiente e sustentabilidade, tendo como objetivo instruir e proporcionar conhecimento de qualidade a seu público.