Avião utiliza óleo de fritura como combustível

Avião utiliza óleo de fritura como parte do combustível

Notícias rápidas | Um Airbus A350 da Air France fez o trajeto Paris x Montreal no primeiro voo intercontinental a utilizar um combustível com uma mistura de 16% de óleo de fritura. Com isso houve uma redução na emissão de 20 toneladas de dióxido de carbono (CO2), afirmaram numa declaração as quatro empresas parceiras na experiência.

Segundo os cálculos da Air France, a utilização desta mistura de óleo de fritura representa um custo adicional por passageiro de cerca de quatro euros para a rota entre a capital francesa e a cidade canadense.

Para evitar uma perda de competitividade, o objetivo é generalizar a utilização destes biocombustíveis para todas as companhias aéreas. A regulamentação francesa estipula que a partir de 2022, 1% dos biocombustíveis devem ser utilizados em todos os voos com partida do país, uma percentagem que terá de aumentar para 2% em 2025 e 5% em 2030.

O ramo da aviação é um setor onde o combustível exerce fator crucial para os negócios. Apesar de ser uma mudança no rumo certo, os percentuais previstos para os próximos anos, a nosso ver, são tímidos frente a necessidade.


Compartilhar:

Postado em Notícias rápidas e marcado como , , , , .

Instituto Brasileiro de Sustentabilidade

Ver artigos por Instituto Brasileiro de Sustentabilidade

O INBS publica conteúdo de relevância em temas de sua atuação, principalmente meio ambiente e sustentabilidade, tendo como objetivo instruir e proporcionar conhecimento de qualidade a seu público.